14/11/2018

Vereadores rejeitam requerimento sobre nova creche em Holambra

Documento visava obter, junto à Prefeitura, informações a respeito da nova creche localizada no Groot, denominada Creche Irmã Anette

Da redação 

Um requerimento de autoria de quatro vereadores holambrenses foi rejeitado pelos demais legisladores da Câmara de Holambra na sessão desta segunda-feira (12). O documento visava obter, junto à Prefeitura, informações a respeito da nova creche localizada no Groot, denominada Creche Irmã Anette. O local já se encontra finalizado, à espera apenas de mobiliário.

O requerimento foi elaborado pelos vereadores Cido Urso (PTB), Serjão (SD), Pernambuco (PSD) e Jacinta Heijden (PSDB). Na publicação, os legisladores indagavam qual a metragem do terreno na creche, se tal construção fora feita através de convênio com o Estado, qual o valor total do convênio e da obra, como foram feitos os repasses dos recursos entre outras informações.

O documento, porém, acabou rejeitado por cinco votos a quatro. Votaram contra o documento os vereadores Edison da Farmácia (PV), Jesus da Farmácia (PSD), Chiba (PP), Mario Sitta (PSDB) e Naiara Hendrikx (MDB). Votaram a favor os legisladores autores do requerimento.

Determinação da justiça

Vale lembrar que Holambra recebeu uma determinação da Justiça para abrir 160 vagas em creches, as quais devem ser abertas em 90 dias após a publicação da ordem (o prazo foi estendido nos últimos dias).  O Executivo já afirmou ao Portal Holambrense que a fila de espera será zerada a partir da entrega de nova unidade construída no bairro Groot, com obras já concluídas e à espera da chegada de mobiliário. A construção foi financiada pelo Governo do Estado – um aporte de cerca de R$ 1,7 milhão.

Leia mais

Justiça determina 160 novas vagas de creche em Holambra

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.