23/06/2019

População idosa cresce em Holambra

Pesquisa foi divulgada pelo Observatório da PUC-Campinas

Da redação 

Uma pesquisa divulgada pelo Observatório da PUC-Campinas detectou que a população idosa na Região Metropolitana de Campinas (RMC) tem crescido. Em Holambra, por exemplo, a população idosa no ano 2000 correspondia a 6,89%. A análise foi feita com base em dados de 2017 e, nesse ano, a população idosa já havia saltado para 11,57%.

O estudo foi realizado com o objetivo de analisar a participação e presença da população de pessoas idosas nos municípios da RMC. De acordo com o Estatuto do Idoso, estabelecido pela Lei 10.741/2003, compreende-se que uma pessoa chega à terceira idade a partir dos 60 anos. Além disso, os dados servem para que políticas públicas sejam adotadas para atender a população que se encontra nessa faixa etária.

No Estado de São Paulo, a população idosa de 60 a 64 anos passou de 1,3 milhão para 2 milhões entre 2006 e 2017. A população idosa de 65 a 69 anos, foi de 992.691 indivíduos para 1,5 milhão de pessoas no mesmo período, já os idosos de 70 a 74 anos, foram de 768.808 pessoas para cerca de 1 milhão de indivíduos, e, por fim, idosos de 75 anos ou mais, passaram de 1 milhão em 2006 para 1,4 milhão em 2017, em todo o Estado.

Conforme os dados divulgados com a pesquisa, a população de idosos na RMC mais que dobrou entre os anos de 2000 e 2017. Em 2000, a taxa de pessoas com mais de 60 anos na região era de 199.963 pessoas, já em 2017, esse índice saltou para 417.911.

Cidades com maior expressão no aumento da população idosa da RMC está nos municípios de Americana (SP), com taxa idosa de 10,16% em 2000, para 15,62 em 2017; Campinas (SP), com a média de 9,5% da estimativa da população se tratava de idosos em 2000, e em 2017 saltou para o percentual de 15%. Em Valinhos (SP), a taxa de idosos chegava a 9,48% em 2000 e, em 2017, estava em 14,64 em 2017; já em Santa Bárbara d’Oeste (SP), em 2000, a taxa de idosos na cidade era de 7,80% para 14,52 após 17 anos.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.