25/10/2018

Mutirão cadastra famílias no Programa Tarifa Social da Águas de Holambra

Descontos podem chegar a 50%

A equipe de Responsabilidade Social da Águas de Holambra realizou nesta semana um mutirão para cadastramento de famílias carentes do município no seu Programa Tarifa Social. O evento foi realizado na sede do Grupo da Terceira Idade. O programa da concessionária oferece descontos de até 50% na conta de água a moradores da zona urbana em situação de vulnerabilidade.

Maria Aparecida Draheim, coordenadora de Responsabilidade Social da Aegea/Regional São Paulo, explica que a iniciativa tem o objetivo de mobilizar o município para a adesão ao benefício. “As famílias, que se enquadram nos critérios do programa, podem comparecer à sede da Águas de Holambra para solicitar a inscrição no benefício. No entanto, com o intuito de mobilizar a população, a concessionária decidiu organizar os atendimentos de hoje para que os moradores em situação de vulnerabilidade não ficassem de fora do programa”.

Taisa Poletini, assistente social da Prefeitura de Holambra, conta que as famílias do município foram convocadas mediante critérios. “Fizemos um levantamento dos moradores de baixa renda, ou que estão inscritos em benefícios, como o Bolsa Família e o Seguro Desemprego, e entramos em contato para convocá-los para o mutirão”.

Descontos

Os descontos previstos pelo Programa de Tarifa Social variam entre 50% para os clientes que consomem até 10 metros cúbicos de água e 25% para os que consomem entre 10 e 15 metros cúbicos. Acima desse consumo, o benefício é de 25% de desconto para os 15 primeiros litros e manutenção da tarifa normal para o volume excedente. “Para as famílias que têm um consumo mínimo de água (10 metros cúbicos), o valor da tarifa é R$ 42. Com o desconto de 50%, o valor da conta cai para R$ 21, o que traz uma boa economia”, diz o supervisor de Responsabilidade Social da Águas de Matão, Paulo Cesar Guerreiro Junior.

 Benefício

A dona de casa, Simone Aparecida Xavier, 33, veio para o mutirão acompanhada do marido, Anderson Luís Batista Silva, que ganha dinheiro trabalhando como pintor. Para eles, o benefício veio a calhar. “Estamos sem emprego fixo há dois anos, e a economia irá ajudar muito nas contas do mês”, diz Simone.

Também dona de casa, Regiana Maria Valias, 42, tem dois filhos, com idades de 7 e 12 anos. Para ela, que precisa desembolsar com materiais escolares, a economia na conta de água deve desafogar o orçamento da família. “Meu marido trabalha informalmente, sem carteira assinada. Por isso, temos que segurar nas contas de casa, já que temos duas crianças em fase escolar”.

O benefício do Tarifa Social tem duração de 12 meses, com renovação mediante atualização de cadastros. Para saber mais sobre o programa e critérios de participação, acesse: aguasdeholambra.com.br

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.