04/07/2019

Meio Ambiente leva informações sobre uso do solo a participantes da Hortitec

Equipe do departamento municipal de Agricultura e Meio Ambiente participou da 26ª Exposição Técnica de Horticultura, Cultivo Protegido e Culturas Intensivas, a Hortitec

A equipe do departamento municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Holambra participou da 26ª Exposição Técnica de Horticultura, Cultivo Protegido e Culturas Intensivas, a Hortitec, para dialogar com o público presente sobre fragilidades e potencialidades do uso do solo. Além disso, divulgaram durante os três dias de evento, de 26 a 28 de junho, as ações ambientais realizadas na cidade – com enfoque especial no projeto Nascentes de Holambra, desenvolvido em parceria com o Governo do Estado, para recuperação de nascentes, do solo e para preservação ambiental.

A cooperação garantiu ao município, à época, o maior investimento de sua história nesse setor – cerca de R$ 4 milhões financiados pela Agência Nacional de Águas, Agência das Bacias PCJ e pela Fundação Banco do Brasil.

Idealizado para se tornar um modelo para outras cidades de São Paulo e do Brasil, o Nascentes de Holambra proporcionou o melhoramento de mais de 40 quilômetros de estradas rurais, recuperação de 16 hectares de essências nativas no entorno de mais de 100 nascentes por meio do plantio de cerca de 20 mil mudas, promoveu a conservação de solo e a captação de água de chuvas para reuso e a instalação de 170 fossas biodigestoras em propriedades rurais do município.

As ações foram desenvolvidas no mandato do prefeito Fernando Fiori de Godoy por meio de parceria entre a Prefeitura, a Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS), antiga CATI, e pela Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo (Codasp), ambas pertencentes à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado.

“O nosso objetivo com esse trabalho no evento foi disseminar aos produtores da região, presentes na Hortitec, práticas de manejo adequado para uso do solo a fim de reduzir erosão e assoreamento”, explicou Nilson Marconato, diretor municipal de Agricultura e Meio Ambiente. “Dessa maneira as ações do Nascente de Holambra passam a ter um impacto ainda maior”.

O trabalho desenvolvido na Hortitec contou com a parceria da Associação dos Engenheiros Agrônomos e Arquitetos de Holambra (AEAAH), do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (CREA-SP) e da Mútua – Caixa de Assistência dos Profissionais dos Creas.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.