16/11/2019

Índice Firjan aponta queda na gestão fiscal em Holambra

Desempenho está abaixo da pontuação registrada em 2017 

Da redação

O município holambrense se encontra entre os 150 primeiros no Índice Firjan de Gestão Fiscal em 2018. Atualmente, Holambra ocupa o 119ª posição se comparada às demais cidades do Estado de São Paulo. O índice foi realizado com dados registrados em 2018. Apesar de estar acima da média do estado, o município sofreu uma queda em relação ao ano passado.

Desenvolvido em 2012 pelo Sistema Firjan, representante de todas as indústrias do Estado do Rio de Janeiro, o índice mede a responsabilidade administrativa e a gestão fiscal das Prefeituras e é construído a partir dos resultados fiscais das administrações – informações de declaração obrigatória e disponibilizadas anualmente pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Foram avaliadas, ao todo, 5.337 cidades brasileiras. O IFGF é composto por cinco indicadores: Receita Própria, Gastos com Pessoal, Investimentos, Liquidez e Custo da Dívida.

A pontuação varia entre 0 e 1, sendo que, quanto mais próximo de 1, melhor a gestão fiscal do município. Na avaliação deste ano, divulgada semana passada, Holambra obteve índice de 0,6948, acima da média do Estado, que é de 0,4555. No entanto, está abaixo do desempenho do ano anterior, quando a pontuação do município foi de 0,6989.

Mesmo com a dependência do governo do estado, os números mostram que a cidade registrou, em 2016, a maior quantidade de investimentos em melhorias em relação à receita corrente líquida desde 2008.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.