18/06/2016

Hortitec prevê alavancar R$ 100 milhões em negócios durante encontro

Exposição reúne em Holambra novidades em insumos, equipamentos e tecnologias para o setor.

IMassdasG_6928_2f70ac98ba9fa6e268ab9e95f8a4f3167833b5d2

A 23ª Exposição Técnica de Horticultura, Cultivo Protegido e Culturas Intensivas (Hortitec), pretende alavancar os negócios do seguimento durante o encontro que acontece de 22 a 24 de junho em Holambra. Com previsão de 450 empresas expositoras e expectativa de reunir 28 mil visitantes, a mostra espera gerar cerca de R$ 100 milhões em negócios. Há uma semana, os expositores estão acertando os últimos detalhes para a feira.

Na contramão de diversos segmentos da economia brasileira, o setor de hortaliças segue em crescimento, movimentando milhões de reais anualmente em toda a sua cadeia, do campo ao varejo. Informações da Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas (ABCSEM) revelam que, atualmente, cerca de US$ 260 milhões ou R$ 1 bilhão são comercializados em sementes de hortaliças no País, cuja produção ocupou, em 2015, nada menos que 820 mil hectares. O plantio conjunto de tomate, cebola, melancia e alface corresponde a 50% do total de sementes. A tomaticultura mantém-se como o principal destaque do setor.

Bons ventos também sopram para o segmento de flores e plantas ornamentais, que sente menos os impactos da crise.  A previsão para 2016 era que o seguimento crescesse entre 6% e 8%, a exemplo da evolução do setor apurada em 2015, mas a meta de 8% já foi atingida no primeiro semestre.

 O índice é menor que os verificados em anos anteriores, quando ficaram acima de 10%, mas bastante diferentes do de outros setores que amargam estagnação e até recessão. No Dia das Mães de 2016, principal data do ano para o setor, as flores mais uma vez ocuparam lugar de destaque na preferência de compra do consumidor, totalizando um aumento nas vendas de 6,4% em relação a 2015.

IMgggG_6926_de979bb66d5122fe74c0853570ef39c9cee79ce7

 Nos bastidores da Hortitec

Faltando apenas quatro dias para o maior evento do seguimento na América Latina, os expositores da Hortitec se preparam finalizando a infraestrutura que cada espaço constrói ao longo do pavilhão. “Cerca de mil pessoas trabalham em vários setores, segurança, construção”, calcula Renato Optiz, idealizador do evento. A montagem dos espaços ficam de responsabilidade das empresas expositoras. Elas tem cerca de uma semana para finalizar toda a parte estrutural.

“Na próxima segunda-feira (20), os locais começam a ser decorados”, explica Optiz. Em dois dias toda a parte decorativa dos stands é trabalhada. No fim do evento, muitas empresas aproveitam o próprio dia para ir desmontando os espaços. A Hortitec se concentrará no Pavilhão de Exposições da Expoflora, localizado na Rua Maurício de Nassau, 675. O local ficará aberto das 09 às 19 horas e os ingressos custarão R$36,00 inteira e R$ 18,00 para estudantes e pessoas idosas. O local tem 4 mil vagas para estacionamento de carros e 150 de ônibus.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.