04/11/2019

Holambra registra alta em casos de lesão corporal dolosa

Dados divulgados pelo órgão referem-se aos nove meses do ano

Da redação

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) divulgou um balanço sobre o número de ocorrências policiais registradas e a média de produtividade policial de Holambra. Em comparativo com o mesmo período de 2018, os crimes de roubo e furto tiveram queda no município, já os casos de lesão corporal dolosa, armas apreendidas, apreensões de menores e prisões efetuadas tiveram alta.

Conforme divulgado no portal eletrônico da SSP-SP, entre janeiro e setembro de 2019 foram registrados no município 30 casos de lesão corporal dolosa (quando há intenção). Crimes de roubo (diversos) tiveram 2 casos registrados, já os furtos (diversos) foram 68 registros. No mesmo período do ano passado, o registro de lesões corporais dolosas foram 21, os de roubo (diversos) 5 e, furtos (diversos) obtiveram a marca de 83 casos.

Durante todo ano de 2018, em Holambra, não foi registrado nenhuma tentativa de homicídio, mas foram registrados dois casos referentes à estupro na cidade. No mesmo período deste ano, os dados mostram que houve duas tentativas de homicídio e um caso de estupro no município holambrense foi registrado junto à Secretaria de Segurança do Estado.

Produtividade policial

SSP-SP também destacou os dados referentes à produtividade policial no primeiro semestre  de 2019. Ao todo, ocorreram 12 casos de porte de entorpecentes entre janeiro e agosto, 4 por tráfico de drogas, 13 presos em flagrante e 14 mediante mandados de prisão. O número total de prisões foi de 27, flagrantes lavrados foram 11 e, ao todo, 63 inquéritos policiais foram instaurados na cidade.

Estatísticas mensais e trimestrais
Desde 1995, a SSP publica trimestralmente as estatísticas criminais no Diário Oficial do Estado (DOE). A Lei Estadual 9.155, de 1995, estabeleceu a divulgação de 12 modalidades criminais da Capital e Grande São Paulo. Posteriormente, o Governo do Estado agregou a informação de todos os 645 municípios do Estado e ampliou para 14 a lista de delitos, com a inclusão do roubo de carga e roubo a banco.Em março de 2011, o Governo do Estado anunciou a divulgação mensal das estatísticas da criminalidade por Estado, área, município e unidade policial, no portal da SSP e no Diário Oficial do Estado.Dentro do princípio da transparência da administração, em janeiro de 2002, a SSP disponibilizou, em seu portal na internet, uma série histórica de dados – de 1999 a 2001, em nível de municípios – para os principais indicadores de criminalidade. Para os anos de 2000 a 2002, as mesmas informações estão disponíveis mensalmente, permitindo a comparação do período em relação ao ano anterior.Os dados estatísticos do Estado de São Paulo são divulgados nesta página em data anterior à publicação oficial em Diário Oficial do Estado (Lei Estadual nº 9.155/95 e Resolução SSP nº 161/01). No período compreendido entre a divulgação inicial e a publicação oficial em Diário Oficial, há possibilidade de retificações que são atualizadas automaticamente nesta página.

Ação policial

Armas de fogo apreendidas, flagrantes de tráfico de entorpecentes, prisões efetuadas e população carcerária são considerados indicadores de atividade policial, pois tratam de crimes sem vítima e decorrem, diretamente, da ação policial. Sendo assim, quando há crescimento desses índices, o indicador é positivo, pois significa que a polícia atuou mais.

.……………………………………..
Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.