28/03/2021

Holambra realiza nova etapa da Operação Cata-Bagulho a partir de segunda

Objetivo é impedir o depósito irregular de lixo


Da redação

A Prefeitura de Holambra, por meio do Departamento Municipal de Serviços Públicos, realiza entre os dias 29 de março e 5 de abril mais uma etapa da Operação Cata-Bagulho. O trabalho consiste na coleta de materiais como móveis danificados ou velhos e restos de poda descartados na frente das residências pelos moradores. O serviço terá início às 7h30 e segue até 16h30, respeitando cronograma de bairros (confira abaixo).

A ação tem o objetivo de impedir o depósito irregular de lixo em locais como vias públicas e terrenos baldios, prejudicando a conservação destes espaços, e evitar a proliferação de animais peçonhentos e do mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

De acordo com o diretor municipal de Serviços Públicos, José Marcos de Souza, o descarte dos materiais deve ser feito nos dias corretos de circulação do cata-bagulho em cada bairro, antes das 7h30. Ainda segundo ele, lixo doméstico, restos de construção civil e materiais eletrônicos não serão recolhidos neste trabalho.

“Pedimos que após esse período, a população aguarde a próxima operação, prevista para a semana do dia 19 de abril, para o descarte dos materiais”, falou o diretor. “A ação é gratuita. É preciso que todos colaborem para que possamos conservar o espaço público. Juntos conseguiremos manter a nossa cidade limpa e organizada”.

Confira o cronograma da Operação Cata-Bagulho:

Segunda-feira, dia 29/3: Jardim Flamboyant, Parque dos Ipês, Groot e Jardim das Tulipas

Terça-feira, dia 30/3: Jardim das Tulipas, Jardim Holanda, Morada das Flores e Centro

Quarta-feira, dia 31/3: Imigrantes

Quinta-feira, dia 1/4: Imigrantes, Vila Nova e Residencial Moinho

Sexta-feira, dia 2/4: Feriado

Segunda-Feira, dia 5/4:  Residencial Van Den Broek, Pinhalzinho e Camanducaia


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.