01/02/2019

Holambra deixa de receber Selo Município Verde Azul

Cidade das Flores foi premiada por três anos consecutivos, mas teve a nota reduzida em 2018 e ficou fora da lista de municípios que receberam o reconhecimento

Michael Harteman

O Programa Município Verde Azul, lançado em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo, tem como propósito medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental. As cidades que atingem 80 pontos e preenchem requisitos pré-definidos para cada ciclo, recebem o Selo Município Verde Azul. Após receber a premiação referente aos anos de 2015, 2016 e 2017, Holambra teve a nota reduzida em 2018 e ficou fora da lista de municípios que receberam o selo.

Em 2011, primeiro ano em que foi divulgado um ranking, Holambra ocupou a 617ª posição. No ano seguinte (2012) não pontuou. Em 2013, a cidade ficou com na 463ª posição e foi subindo nos anos de 2014, 2015, 2016 e 2017, atingindo as 355ª, 111ª, 70ª, e 23ª posições respectivamente. Além do desempenho crescente no ranking, Holambra recebeu o Selo Município Verde Azul entre 2015 e 2017, por ter conseguido somar mais que 80 pontos nos três anos.

Em 2015, o município fez 80,05 pontos. No ano seguinte (2016) melhorou um pouco e somou 80,46 pontos. Já na pontuação referente ao ano de 2017, Holambra conseguiu a maior pontuação, 85,14 pontos.

Queda na pontuação

Nos últimos dias de 2018 foi divulgada a nota do Município Verde Azul 2018. Após receber 85,14 pontos em 2017, Holambra viu a nota cair para 75,64. Com essa pontuação, o município ficou fora da lista dos locais que receberam o reconhecimento.

Critérios de avaliação

Para fazer a pontuação, o programa avalia diversas áreas no que diz respeito ao meio ambiente, sendo elas arborização urbana, biodiversidade, conselho ambiental, educação ambiental, esgoto tratado, estrutura ambiental, gestão das águas, município sustentável, qualidade do ar, resíduos sólidos e uso do solo. Cada área recebe uma nota de zero a dez e a soma das notas fazem a montante final.

Prefeitura

A Prefeitura ressalta, inicialmente, que Holambra ampliou de modo expressivo nos últimos anos as ações voltadas à preservação do Meio Ambiente, deixando de estar entre as 30 piores cidades do Estado de São Paulo em 2011 para figurar entre as 25 melhores em 2017 segundo avaliação do Programa Município Verde Azul, do Governo do Estado.

A queda na pontuação, de 85,14 pontos em 2017 para 75,64 em 2018, apesar tirar de Holambra a certificação do Selo Município Verde Azul, manteve o município na 75ª posição entre os 645 municípios paulistas – a terceira melhor colocação de sua história.

A título de comparação, em 2015, quando a cidade obteve pela primeira vez o Selo Município Verde Azul com mais de 80 pontos, Holambra ficou na 118ª posição.

A Prefeitura assegura que seguirá trabalhando intensamente em projetos que sigam garantindo ao município mais conscientização, prevenção e preservação ao Meio Ambiente.

Leia mais

Holambra avança pelo quinto ano no Ranking Ambiental do Estado

Holambra aparece na 33ª posição em ranking de arborização urbana

Holambra adere a programa de conservação e recuperação ambiental

Estudos apontam que em 30 anos não houve reflorestamento em Holambra

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.