14/12/2019

Empresa de Holambra obtém licença para cultivar planta da família da Maconha

Produção tem como objetivo atender indústria farmacêutica brasileira após liberação do uso medicina da cannabis

Da redação

Uma empresa de Holambra será a primeira na região a cultivar cânhamo, uma espécie da família da cannabis, para atender a indústria farmacêutica brasileira após a regulamentação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que liberou a comercialização de produtos deste tipo para uso medicinal. O inicio do da produção está prevista para fevereiro de 2020.

A companhia holambrense moveu uma ação judicial solicitando a liberação do cultivo de sementes do cânhamo industrial que produz uma espécie de cannabis com uma baixa concentração de tetrahidrocanabidiol (THC), considerado o principal elemento toxico e psicotrópico da cannabis.

A liberação saiu no mesmo dia que a Anvisa fez a liberação do uso medicinal. No entanto, a medida inédita restringe qualquer produto com concentração maior que 0,3 de THC ou qualquer outro que gere efeito psicotrópico. Todo o processo será acompanhado pelo Ministério da Agricultura e Anvisa.

As sementes poderão ser importadas do Canadá, Holanda e Estados Unidos. O cultivo está previsto para iniciar já em fevereiro com a primeira colheita para agosto, considerando o ciclo de desenvolvimento da planta.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.