05/08/2019

Dina da bicicleta é sepultada em Holambra

† 03/08/2019

Priscila Vasconcelos e Letícia Leme

A cidade amanheceu triste neste último domingo (4). “Dina da bicicleta”, cidadã querida e conhecida por toda cidade, faleceu às 21h do sábado (3), após colisão com outra bicicleta. Seu sepultamento aconteceu nesta segunda-feira (5), às 9h30, no Cemitério Municipal de Holambra.

Em 11 de novembro de 1953, uma quarta-feira, nascia Berendina Wilhelmina Eltink de Souza. Conhecida como “Dina da bicicleta”,  em vida a doce senhora foi admirada por muitos. Seu carisma e positividade marcaram à todos que tiveram o prazer de conhecê-la.

Em meados dos anos 50, durante a segunda leva da imigração holandesa, a tradicional família Eltink se instalava no município. Os pais holandeses criaram os 11 filhos, incluindo Dina, em solo holambrense – local que Berendina mais tarde se casaria e constituiria uma família.

Passados os anos, dona Dina perdeu o esposo. Uma vez viúva, precisou trabalhar ‘duro’ para dar uma vida melhor às filhas Sandra e Alessandra, bem como para os netos. Foi nessas idas e vindas de bicicleta – de casa ao trabalho, e do trabalho para casa – que a moradora ficou conhecida pelo apelido carinhoso “Dina da bicicleta”.

Dina ao centro de casaco branco e os irmãos

“Sempre alegre, independente e positiva”, é assim que a família e amigos se lembram de dona Dina. Dentre tantas qualidades, a alegria contagiante da moradora foi unânime entre eles, bem como a personalidade ‘calorosa’. “Para a Dina nunca tinha tempo ruim. Sempre lembrarei dela com o sorriso no rosto, pedalando sua bike”.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.