29/02/2020

Em março, conta de luz fica mais barata em Holambra

Com previsão de chuvas intensas em março, bandeira tarifária seguirá na cor verde

Da redação

As contas de luz seguirão com bandeira tarifária verde em março, aliviando os consumidores de cobrança adicional. Este será o segundo mês consecutivo de bandeira verde. Com a previsão de chuvas intensas, o nível dos reservatórios das hidrelétricas, principal fonte de geração de energia no país, tendem a aumentar.

O mecanismo tarifário, definido mensalmente pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), eleva os custos da energia quando sai do patamar verde para o amarelo ou o vermelho, o que acontece de acordo com a oferta de geração no sistema.

Em fevereiro, os principais reservatórios de hidrelétricas do Sistema Interligado Nacional (SIN) apresentaram recuperação de níveis em razão do volume de chuvas próximo ao padrão histórico do mês. A previsão para março é de manutenção dessa condição hidrológica favorável, o que aponta para um cenário com elevada participação das hidrelétricas no atendimento à demanda de energia do SIN, reduzindo a necessidade de acionamento do parque termelétrico.

Criado pela ANEEL, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

Com as bandeiras, a conta de luz ficou mais transparente e o consumidor tem a melhor informação, para usar a energia elétrica de forma mais eficiente, sem desperdícios. Com o anúncio da bandeira amarela é necessário intensificar as ações relacionadas ao uso consciente e ao combate ao desperdício de energia.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.