01/08/2019

Consórcio de Saneamento completa 10 anos em Holambra

Consab atua em outros 8 municípios da região

O Consab, Consórcio Intermunicipal de Saneamento Ambiental, celebrou nesta quarta-feira (31) 10 anos desde sua criação (2009). Composto hoje por 9 municípios da região, incluindo Holambra, ele atua no fornecimento de soluções conjuntas para gestão de resíduos sólidos, resíduos dos serviços em saúde e manutenção e expansão de parques de iluminação pública.

Além de Holambra, as cidades atendidas pelo Consab são Artur Nogueira (SP), Engenheiro Coelho (SP), Cosmópolis (SP), Santo Antonio de Posse (SP), Cordeirópolis (SP), Jaguariúna (SP), Matão (SP) e Conchal (SP).

O consórcio surgiu a partir da união de cinco cidades que buscavam, na época, uma alternativa efetiva para lidar com um dos grandes desafios da gestão ambiental: a coleta e correta destinação de resíduos das mais diferentes naturezas. Desde então, além de expandir sua área de atuação para outros quatro municípios, o Consab integrou ainda diferentes serviços que permitiram às Prefeituras, através do rateio de custos e da economia em escala, fazer mais gastando menos.

“A união de cidades em torno de consórcios é fundamental, sobretudo em tempos de escassez financeira, para que possamos promover serviços de qualidade à população com maior eficiência e economia”, explica o prefeito Fernando Fiori de Godoy, de Holambra, presidente do consórcio. “Temos na gestão dos resíduos sólidos e da iluminação pública dois grandes exemplos de efetividade desse formato. O Consab é hoje amplamente reconhecido pela sua estrutura e seus resultados”.

De acordo com o coordenador do Consab, Dimas Starnini, o consórcio atende hoje cerca de 400 mil habitantes. “Ele surgiu para facilitar a rotina das Prefeituras, economizando tempo, reduzindo custos e melhorando a gestão ambiental. Nosso trabalho é baseado em atender de maneira eficiente e eficaz as demandas desses nove municípios”, disse. “Além dos serviços de coleta, destinação e de manutenção da iluminação, uma de nossas preocupações é também a educação ambiental. Por isso realizamos durante o ano dezenas de atividades junto às unidades escolares, como horta orgânica, produção de sabão ecológico e reutilização de materiais descartáveis”.

Consab em números

– 58 mil pontos de iluminação pública monitorados.
– 70 mil toneladas de lixo coletadas em 2018.
– 29 mil toneladas de resíduos de construção civil reciclados através da britagem, promovendo economia de cerca de R$ 1,1 milhão em 2018.
– 208 toneladas de resíduos dos serviços em saúde geridos em 2018.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.