19/02/2019

Alunos passam por avaliação de audição em Holambra

Previsão é de que até o fim deste ano os cerca de 850 estudantes do 1º ao 5º ano da rede municipal passem pela avaliação.

Os cerca de 400 alunos do ensino regular da escola municipal Jardim das Primaveras passam a partir de hoje, 18 de fevereiro, por avaliações audiológicas. A ação faz parte do projeto “Turma da Audição”, criado pela Prefeitura em setembro do ano passado e que oferece exame e tratamento aos estudantes que apresentem dificuldades para ouvir.

O trabalho teve início com uma peça teatral e, em seguida, serão feitos os atendimentos com fonoaudiólogo. Os resultados serão ser entregues na hora. A expectativa é de que em até dois meses todos os alunos desta unidade de ensino passem pelo procedimento.

Os primeiros contemplados pela ação foram os estudantes de 6 a 10 anos da escola municipal Recanto das Palmeiras. Cerca de 150 crianças realizaram o exame. Um dos problemas mais comuns está relacionado ao cerúmen (excesso de cera), que prejudica a audição e a compreensão do conteúdo educacional.

“Esse projeto é pioneiro e tem a capacidade de transformar a vida de muitas crianças”, explicou o prefeito Fernando Fiori de Godoy, presente na abertura dessa nova etapa do projeto. Segundo ele, Holambra oferece consultas com otorrinolaringologista e encaminha pacientes, sempre que necessário, para exames mais detalhados. “Essa iniciativa, porém, é importante pois trata-se de um trabalho de prevenção e de promoção de saúde e de incentivo à aprendizagem”, explica. “Estamos buscando o problema antes que ele se agrave e atrapalhe de forma determinante o ensino dessas crianças”.

A previsão é de que até o fim deste ano os cerca de 850 estudantes do 1º ao 5º ano da rede municipal passem pela avaliação.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.