12/11/2017

Urologista de Holambra explica cuidados para prevenir Câncer de Próstata

Dr. Humberto Marino fala de prevenção, detecção e tratamento da doença

Da redação

Depois do Outubro Rosa, campanha mundial sobre prevenção do Câncer de Mama, chegou a vez dos homens terem a doença que mais os atinge como tema de conscientização. O Novembro Azul, período no qual a patologia que chega a 10 casos por ano em Holambra, será motivo de diversas ações da Prefeitura no decorrer da semana que vem. Para conversar sobre os cuidados que os homens devem tomar para evitar a patologia e, também, sobre questões polêmicas em relação à doença, o Portal Holambrense conversou com o urologista da Policlínica Municipal, Dr. Humberto Marino.

Durante a entrevista, Marino explica os principais cuidados a serem tomados e as chances de cura uma vez que a doença é diagnosticada. Além disso, o médico esclarece que o exame não precisa ser tratado como tabu pelos homens, que devem realizá-lo uma vez por ano a partir dos 40 anos.

Confira a entrevista na íntegra: 

Quais os principais sintomas da doença? No início não há sintomas e nos casos avançados eles podem ser confundidos com a hiperplasia benigna de próstata, tendo como sintomas dificuldade miccional, nocturia, jato fino e força para urinar. Já nos casos de câncer de próstata com metástase é possível que haja dores ósseas.

Qual a faixa etária mais atingida por esta doença? A idade média do diagnóstico é de 69 anos, mas é fundamental que os homens façam acompanhamento médico e exames preventivos a partir dos 45.

Como funciona o tratamento? O tratamento depende da fase de diagnóstico. Se for inicial, localizado apenas na próstata, é indicada a cirurgia radical que pode ser convencional, laparoscópica ou robótica. Ainda na fase inicial pode-se optar ainda pela radioterapia, que pode ser conformacional ou através de braquiterapia (implante de sementes radioativas). Nos casos avançados é possível a inclusão às modalidades anteriores da hormonioterapia associada ou isolada e/ou quimioterapia.

Há chances de cura? A chance de cura em fase inicial é de mais de 80%.

Quais são os exames que devem ser realizados? Os principais exames são o toque retal e exame de sangue PSA (Antígeno Específico Prostático). Há outros exames em casos especiais, como ressonância magnética multiparamétrica, cintilografia, tomografia, entre outros. Embora haja a percepção de que esse simples exame é imprescindível à identificação do câncer de próstata, o toque ainda esbarra na desinformação e na cultura de dois terços dos homens brasileiros que não realizam o exame. O procedimento deve ser encarado como qualquer exame físico, como verificar a pressão arterial. O toque não interfere na masculinidade de nenhum homem. Pelo contrário: demostra que se preocupa consigo e com seus familiares.

Muitos homens deixam de realizar o exame de toque por conta tabu ou por não saberem da importância do mesmo. Qual sua opinião sobre isso? Embora haja a percepção de que esse simples exame é imprescindível à identificação do câncer de próstata, o toque ainda esbarra na desinformação e na cultura de dois terços dos homens brasileiros que não realizam o exame. O procedimento deve ser encarado como qualquer exame físico, como verificar a pressão arterial. O toque não interfere na masculinidade de nenhum homem. Pelo contrário: demostra que se preocupa consigo e com seus familiares.

Holambra possui muitos casos de câncer de próstata? A média, na cidade, é de oito a dez casos por ano.

Que medidas Holambra irá tomar durante o Novembro Azul? Há alguma atividade programada? Sim. O Moinho, que é o principal cartão postal da cidade, está iluminado com a cor azul para lembrar as pessoas a respeito da importância do cuidado com a saúde e dos exames preventivos. Durante esse mês, o departamento de Saúde também irá trabalhar com a orientação por meio de folhetos e cartazes, com uma ação especial na Rota dos Imigrantes no dia 14 de novembro. Será uma tenda azul com informações sobre a doença e exames básicos como o de diabetes. Por fim, faremos uma mobilização diferente esse ano. Uma roda de conversa com moradores, aberta a todos os interessados, nos dias 14 e 21 de novembro, nos PSF Imigrantes e Santa Margarida, a partir das sete horas da noite. Atendemos pela rede pública de saúde de Holambra e estamos de portas abertas, à disposição das pessoas para que elas venham, se consultem, cuidem e preservem a sua saúde.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.