16/01/2017

Moradores denunciam possíveis irregularidades no abastecimento de água em Holambra  

Funcionários da concessionária Águas de Holambra têm trocado hidrômetros sem autorização dos munícipes

Leonardo Saimon / Misael Florêncio

O preço e a qualidade da água em Holambra é um assunto que tem ecoado entre os munícipes. O transtorno tem afetado os comerciantes locais e gerado insatisfação nos holambrenses. Além disso, os moradores tem alegado que funcionários da concessionária Águas de Holambra têm realizado a troca dos hidrômetros sem autorização dos proprietários dos imóveis e, em alguns casos, chegam a invadir a residência para mudança do equipamento.

A comerciante Nah Brunhani comenta que, devido a uma oscilação na conta de água, entrou com uma reclamação no Procon relatando o ocorrido. Comumente, a holambrense paga em torno de R$ 40, mas em uma das últimas cobranças o valor subiu para R$ 140. “A concessionária informou que poderia ser algum vazamento de água, porém não é verdade porque esse valor veio em um das contas e não tornou mais a vir”, conta a comerciante.

No caso de Willian Frealdo, a fatura dobrou. Ele que costumava pagar R$ 53, agora terá que desembolsar R$ 115. O problema, contudo, não é apenas esse. O hidrômetro da casa do técnico de informática foi trocado sem o consentimento do mesmo. “Eu acho uma falta de respeito”, desabafa. “O hidrômetro fica do lado de dentro do portão e nem sei quando trocaram. Só notamos no início desse mês. Depois daí, a conta veio mais alta”, explica.

Em entrevista ao Portal Holambrense, o advogado Wellington Silva explica quais os tipos de medidas que podem ser tomadas pelos moradores. Clique e ouça o depoimento do advogado na íntegra:

A insatisfação levou os munícipes a procurarem alguns vereadores como Eduardo Silva (PSD) que, durante entrevista em vídeo, comenta sobre a situação da água na cidade. Procurada por nossa equipe, a concessionária Águas de Holambra emitiu uma nota de esclarecimento que pode ser lida ao longo da videorreportagem. Assista abaixo:

Leia a nota da concessionária:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Águas de Holambra informa que a atualização do parque de hidrômetros da cidade é uma determinação do Ministério Público, cujo TAC (Termo de Ajuste de Conduta) é anterior à concessão dos serviços de água e esgoto e estabelece prazo para a troca de todos os hidrômetros, bem como multa por descumprimento. A concessionária esclarece que a vida útil de um hidrômetro, conforme preconiza o InMetro, é de 5 anos, após esse período o equipamento gradualmente deixa de registrar o consumo real do imóvel. Nesse caso, após a substituição do equipamento, pode haver oscilação de valores. Entretanto, a orientação da concessionária é que o cliente entre em contato com a empresa a fim de solicitar uma vistoria no imóvel, sempre que houver oscilação de valores, pois a residência pode estar com vazamento não visível e ter sua estrutura comprometida com o decorrer do tempo.

Sobre a qualidade da água, a concessionária reitera que ao longo do último ano executou uma série de medidas para modernizar o sistema de abastecimento, além de iniciar a gestão da nova ETA Tulipas, o que eliminou os casos de água turva em todas as regiões da cidade. Em casos de solicitação dessa natureza, o cliente deve entrar em contato imediatamente com a Águas de Holambra por meio da Central  0800 595 3333 (para chamada de números fixos)  e (019) 3512- 3411 (para ligações de celular e de outros municípios), pois pode tratar-se de um problema localizado.  A concessionária reitera que está à disposição de seus clientes para mais informações.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.