11/01/2018

Moradores de Holambra aguardam Copa do Mundo com expectativa

Brasil irá estrear contra a Suíça no dia 17 de junho

Michael Harteman

A Copa do Mundo de futebol chama a atenção da população mundial e, consequentemente, dos brasileiros. Mesmo aqueles que não acompanham a modalidade mais popular do país ficam ligados quando 32 seleções se encontram para o torneio mais tradicional do planeta. Segundo a Federação Internacional de Futebol (Fifa), a edição de 2014, no Brasil, registrou um público de 3,8 bilhões de pessoas, que acompanharam os jogos pela TV. A expectativa é que esse número seja superado na Rússia.

Após a Copa do Mundo 2014, onde o Brasil sofreu a vexatória derrota de 7 a 1 contra a Alemanha e, para piorar, em casa, o ânimo do brasileiro com relação à amarelinha caiu bastante. A sensação de terra arrasada continuou após Dunga assumir o comando da Seleção Brasileira e começar mal as eliminatórias para a Copa do Mundo 2018.

O que parecia impossível de mudar, mudou. Tite deixou o Corinthians para tentar revitalizar a seleção canarinho. Conseguiu. O treinador perfilou uma sequência de vitórias e, mais que isso, fez com que o futebol convincente voltasse. Tal cenário fez com que as expectativas dos brasileiros para a copa deste ano (2018) fossem renovadas.

Seleção se classificou com facilidade para a Copa 2018

O morador de Holambra e treinador da escolinha de futebol do município, Flávio dos Santos Menezes, conhecido como Tica, acredita que o Brasil está entre os favoritos para conquistar o mundial. “Nós passamos por um período muito difícil após a goleada sofrida para a Alemanha, mas o Tite acertou essa seleção, trouxe os jogadores para ele. Ele tem o dom de tirar o melhor do atleta”, opina Tica.

Embora Tica coloque a seleção canarinho como favorita, ele faz algumas ressalvas e explica que a seleção tem um time titular muito forte, mas que o banco de reservas é bem abaixo do time principal. “Vou dar um exemplo, se Philippe Coutinho e Neymar se machucam, estamos fritos, não tem como repor esses jogadores”, exclama o treinador. Outro ponto abordado pelo munícipe é o papel fundamental que faz o volante Casemiro. “É ele que marca e dá o suporte para que os outros ataquem, ele é o ponto chave dessa seleção”, explica.

Além do Brasil, Tica aponta a seleção da Argentina e da Alemanha como fortes candidatas à conquistar a Copa Do Mundo da Rússia. “São seleções fortes também, não vejo como a taça fugir desses times, não acho que teremos surpresas”, aponta. Para exemplificar o ponto de vista, o treinador fala sobre a seleção de Portugal. “Eles têm apenas um jogador, não é um time forte, contam apenas com o talento de Cristiano Ronaldo”, enfatiza o especialista.

É obvio dizer que Holambra é capaz de propiciar uma mistura cultural entre brasileiros e holandeses. Tal mistura faz do município um ambiente único quando as duas seleções se encontram. No entanto, esse jogo não irá acontecer na Copa de 2018, tudo por que a seleção holandesa não conseguiu conquistar a vaga para o mundial. Depois de chegar à final em 2010 e ficar com o terceiro lugar em 2014, os holandeses não poderão acompanhar a seleção de seu país nesta edição.

Piet Schoenmaker, símbolo da Expoflora e uma figura icônica de Holambra, explica que não é um profundo entendedor de futebol, entretanto faz suas observações sobre o momento da Seleção Holandesa. “Eles estão muito mal, é preciso começar uma nova safra de jogadores e achar um treinador adequado”, afirma Schoenmaker.

O holandês também faz uma comparação com a seleção feminina de futebol daquele país que, segundo ele, joga com muita humildade e espírito de luta. “Os homens têm um bocado para aprender com as mulheres, elas ganharam a Eurocopa Feminina e, agora, vão tentar o mundial, sem contar que o time de mulheres tem apenas uma ajuda de custo, enquanto os homens ganham altos salários”, explica o munícipe.

Holanda teve bom desempenho nas últimas copas mas não irá ao mundial da Rússia

Com a ausência da Holanda na Copa do Mundo da Rússia, Piet conta que ficaria feliz com a vitória do Brasil. “Já me perguntaram entre Brasil e Holanda, para quem eu torceria, eu não consigo torcer contra a Holanda. Mas agora que eles estão de fora, eu ficaria feliz se o Brasil vencesse”, exclama.

A Copa do Mundo da Rússia começa no dia 14 de junho, em jogo que será disputado entre Rússia e Arábia Saudita. O Brasil irá estrear contra a Suíça no dia 17 de junho. A segunda partida será no dia 22, contra a seleção de Costa Rica. E para fechar a primeira fase a Seleção Brasileira irá enfrentar a Sérvia, no dia 27 de junho.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.