17/12/2017

Moradora ainda não conseguiu arrecadar brinquedos para doação em Holambra

Judite Ferreira compra presentes de natal para crianças carentes

Da redação 

Ela é cozinheira em um dos muitos hotéis de Holambra e, normalmente, passa despercebida pelas ruas do município. Porém, tem um dia no ano em que Judite fica famosa em alguns bairros da ‘Cidade das Flores’. Vestida de bom velhinho, a cozinheira faz a festa de crianças carentes (que pensam ser o próprio Papai Noel), distribuindo presentes de natal às famílias mais necessitadas.

Como noticiado pelo Portal Holambrense, Judite utiliza dos próprios recursos para propagar alegria em forma de brinquedos para os pequenos. Mas, muitas vezes, o gasto para a compra destes presentes acaba pesando no bolso dela. É por isso que, na época em que falou à nossa equipe de reportagem, ela afirmou que doações são sempre bem-vindas. E mais. Disse que não gosta de receber dinheiro para não gerar desconfiança, mas sim, os próprios brinquedos.

Judite ainda não recebeu nenhuma doação, e cedeu uma entrevista explicando de onde surgiu a ideia e como faz para manter a mesma rotina em todos os finais de ano.

Até agora, quanto você gastou nos presentes de Natal deste ano? Até o momento foram R$ 580. Usei o valor para comprar 33 brinquedos até agora.

Deste dinheiro, alguma parte veio de doações ou apenas você? Apenas eu, com dinheiro do meu trabalho. Não recebi nenhuma doação até agora, mas doações de brinquedos são bem-vindas!

Como surgiu a ideia desta atividade? Como foi a primeira vez que a realizou? A primeira vez que realizei a atividade foi no Natal de 2013. Foi muito bom, é emocionante receber o abraço de uma criança que a gente nunca viu. É até difícil de explicar. Quando meus filhos eram pequenos, não tínhamos condições de dar presentes para eles, e é por isso que, agora, realizo esse sonho na vida de outras crianças.

E como surgiu a ideia de se vestir de Papai Noel? As crianças acreditam ser mesmo o personagem? A ideia veio porque hoje em dia não existe mais gente vestida de Papai Noel distribuindo presentes nas ruas, como víamos antigamente. E também porque remete a este tempo natalino. Olha, não sei se elas acreditam, mas até hoje ninguém pareceu desconfiar.

O que sua família e amigos acham da ideia de distribuir os presentes? Eles me apoiam bastante, inclusive meu filho me ajuda a distribuir os presentes no dia 25. Acaba sendo um momento em família.

Você ouviu alguma crítica por usar seu dinheiro com estes presentes? Sim, tem um pessoal que critica sim. Dizem que sou louca de gastar meu dinheiro com esse tipo de coisa. Porém, não deixo isso me abater, pois sei que minha atitude pode fazer o Natal destas famílias carentes mais feliz. Quem sabe um dia, quando essas crianças crescerem, elas também não possam ajudar.

O que você pensa destas críticas? Olha, não deixo isso atrapalhar. As pessoas não precisam gastar dinheiro para fazer boas ações, mas me sinto bem fazendo isso e não tem dinheiro que compre a alegria nos olhos destas crianças e no nosso coração.

Qual recado você dá às pessoas que gostariam de fazer ações como essa, mas ainda não tomaram a iniciativa? Olha, tem pessoas que não tem condição de fazer este tipo de atividade. Mas, para aqueles que não fizeram por falta de incentivo ou coragem, digo que vale muito a pena. Inclusive, aproveito para agradecer todos aqueles que, de alguma maneira, fazem o bem aos outros e torcem para que eu consiga levar alegria às crianças carentes de Holambra. Sem apoio nenhum ficaria muito difícil de realizar qualquer boa ação.

Interessados em ajudar e doar podem entrar em contato com Judite através do telefone 19 9 93455377.

 ……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.