04/11/2017

Holambra recebe sessões gratuitas de teatro musical sobre sustentabilidade

Peça musical infantil “A Árvore da Vida” acontecerá em três sessões durante os dias 7 e 8 de novembro

 O Centro de Cultura e Eventos sedia nos dias 7 e 8 de novembro cinco sessões gratuitas da peça musical infantil “A Árvore da Vida”. O espetáculo chega à cidade por meio de parceria entre a Prefeitura de Holambra e o Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo (ProAC), com patrocínio da Harald, apoio cultural da FMC e a produção da Sia Santa.

Com muita música, a peça teatral narra a aventura de um grupo de insetos que busca a cura para o local onde eles moram, a árvore da vida. Durante a procura são trabalhadas com muito humor questões importantes sobre sustentabilidade.

“O musical faz uma analogia entre o comportamento dos insetos e dos humanos. De maneira subliminar, questões sérias são apresentadas”, explica o diretor do espetáculo, Jorge Fantini. “Vamos mostrar que é possível se comportar e cuidar do meio ambiente. A sustentabilidade depende de como nós a reconhecemos. A grande lição é aprender a fazer antes de fazer”.

De acordo com a diretora municipal de Turismo e Cultura, Alessandra Caratti, essa é uma peça diferenciada e de grande qualidade. “É uma oportunidade para que os moradores vivenciem o teatro e aprendam ao mesmo tempo em que se divertem”, conta. “Estou certa de que será um sucesso para espectadores de todas as idades. É um trabalho que alia entretenimento e informação”.

Serão realizadas duas sessões na terça-feira (7), às 13h30 e às 20h. Na quarta (8), outras três estão programadas para 8h, 10h e 13h30. Ao todo, 300 lugares estarão disponíveis por apresentação. As senhas serão distribuídas uma hora antes de cada espetáculo. Alunos da rede pública municipal prestigiarão as sessões diurnas.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.