01/08/2017

Holambra fará parte da Rede de Municípios Potencialmente Saudáveis

Adesão será oficializada pelo prefeito na noite desta terça-feira (1) no Salão da Terceira Idade

Da redação

Holambra será integrada à Rede de Municípios Potencialmente Saudáveis (RMPS). O prefeito Fernando Fiori de Godoy (PTB) vai oficializar a adesão nesta terça-feira (1), às 19 horas, no Salão da Terceira Idade. O evento será aberto a toda a população e o objetivo da iniciativa é envolver a comunidade e o poder público no desenvolvimento de políticas que melhorem a qualidade de vida da população.

Cerca de 60 cidades de cinco estados brasileiros já fazem parte da rede, que conta com o apoio técnico do Laboratório de Investigações Urbanas da Unicamp (Labinur) e a participação de pessoas de diversos setores, como pesquisadores e gestores, além de representes da sociedade civil.

Policlinica-2_b445d875dd836fc89e88e25920379c67bb075b7f_fb429231e90352406ac17de3d27628fa6e95e8a5

O trabalho da iniciativa é feito conjuntamente pela Prefeitura, população e Labinur, que vai atuar no acompanhamento dos projetos. “A rede vem se destacando como uma nova forma de fazer gestão pública, criando espaços de diálogo entre a administração municipal e as comunidades”, diz a coordenadora do projeto, Ana Maria Girotti Sperandio.

De acordo com a supervisora de ensino de Holambra, Renata Porreca, a participação na rede vai permitir que a população seja orientada a se tornar “agente de mudança”, participando ativamente de soluções para seus bairros. “A ideia é mostrar que uma cidade saudável se faz em conjunto, com a participação de diversos setores”, comentou.

RMPS

De acordo com a página oficial da iniciativa, a Rede de Municípios Potencialmente Saudáveis é um projeto de construção baseado no entrelaçamento de saberes e práticas originadas a partir de cada localidade participante, respeitando suas características e os seus anseios. Entre seus objetivos, estão viabilizar, ampliar e monitorar projetos e estratégias da Organização-Panamericana da Saúde para as Cidades Saudáveis.

Isso é feito por meio da construção de políticas públicas saudáveis, promoção da participação social de todos os setores, criação de iniciativas sustentáveis e incorporação de múltiplos setores e parceiros que desejem colaborar com a iniciativa. Além disso, a rede visa instrumentar a administração municipal, para que possa desenvolver um projeto de governo único e integrado.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.