27/04/2018

Grupo Serra dá dicas de como se comportar em um funeral

Comportamentos inapropriados podem trazer mais dor para a família que passa pelo luto

Informe Publicitário

Os funerais acontecem como uma forma de despedida do ente querido após a morte. Para a família do falecido esse momento é de muita dor, e a presença dos amigos faz diferença para amenizar ou atenuar esse momento. Não paramos pra pensar no que vestir e em como se comportar em momentos como esse, por isso a Funerária Serra dá algumas dicas para quando uma ocasião assim acontecer.

  • Cuidado com o que fala

Em momentos como este muitos tentam achar palavras para confortar a família, mas acabam magoando quem era próximo da pessoa enlutada. Se você não souber o que falar, não diga nada. Evite frases como “Deus quis assim”; “Era a hora dele(a)”; “Não fique triste, vai passar”, “Ainda bem que Deus protegeu a outra pessoa que estava junto”. Evite também ficar perguntando detalhes de como a pessoa morreu. Palavras podem ser substituídas por abraços e apenas a presença nesse momento já faz toda a diferença.

  • Ajude a família depois do funeral

O funeral acontece em um dia, mas o luto pode durar semanas, até meses. Ele abrange também a reorganização da família depois da morte do ente querido. Se você quer mesmo ajudar de alguma maneira, se disponibilize para contribuir com tarefas domésticas, por exemplo, levando às crianças à escola ou preparando a janta para quem dependia do falecido.

  •  Use roupas adequadas para um velório

Não existe regra, porém na nossa cultura temos o costume de usar preto para representar o luto. Velórios não são desfiles de moda e nem eventos sociais. O amigo da família deve se vestir para chamar a atenção o menos possível. Para isso, não é adequado usar roupas muito justas, decotadas ou extravagantes. Quanto à cor, há grupos que usam paletas específicas para homenagear o falecido. Caso esse não seja o proposito geral, opte pelo preto.

  • Cuidado com o barulho

Não é incomum que as famílias inteiras se reúnam em velórios. Nesses momentos, sempre surgem conversas sobre novidades e muitos aproveitam para colocar o papo em dia com o resto da família.  Tome cuidado para não se exaltar e falar alto demais enquanto estiver conversando. A morte pode não afetar tanto alguns, mas para os parentes mais chegados do morto é um momento muito triste. Risadas e conversas aleatórias altas significam desrespeito com o momento de dor do outro.

Grupo Serra têm a missão de acompanhar e apoiar os clientes nos bons e maus momentos. Por isso a empresa agora conta com um Grupo de Acolhimento ao Luto. Esse projeto acontece uma vez por mês em Campinas, com grupos de clientes de toda a região, que se reúnem com as psicólogas Karina Conte Brandão e Juliana Cristina Sampaio. Elas dão apoio ao enlutados e dão dicas de como administrar as perdas, a tristeza e como voltar à rotina.
Funerária Serra Em Artur Nogueira,  a empresa fica situada na Rua Antônio Mateus, 1022, no Bairro Centro. Maiores informações poderão ser obtidas através dos telefones (19) 3775- 9752 e (19) 3827-2459. Confira também o site da empresa e sua página no Facebook.

img_5891-1482776828


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.