19/04/2018

GCM detém suspeito de assediar menores em Holambra

Segundo vítimas, homem as seguia de carro pela rua, oferecendo dinheiro e as chamando para casa dele



Da redação

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Holambra deteve um homem na tarde desta quinta-feira (19) suspeito de assediar menores na cidade. Segundo a Polícia Civil, as vítimas afirmam terem sido seguidas pelo acusado, que lhes oferecia dinheiro e as convidava a irem para a casa dele. Segundo o delegado, o indivíduo negou as acusações, mas já possui outras denúncias contra ele por razões semelhantes.

O Boletim de Ocorrência (B.O.) registrado na Delegacia de Polícia Civil do município narra que os guardas foram acionados a comparecer numa escola da cidade. Chegando ao local, uma menina de 12 anos contou que foi seguida por um homem na rua. O estranho puxou conversa com ela e a ofereceu dinheiro.

Outras duas garotas, de 11 e 13 anos, afirmaram que o mesmo homem também as seguiu na rua, oferecendo dinheiro, mas sem explicar os motivos para isso. Em um dos casos, segundo as menores, o homem chegou a chamar a criança para ir em à casa dele, também sem deixar claro quais as intenções com a menina.

De acordo com a Polícia Civil, a suspeita é que o indivíduo, de 59 anos, quisesse praticar algum ato libidinoso com as menores, mas isso não foi confirmado em nenhum momento pelo homem. Segundo o delegado Erivan Vera Cruz, uma das vítimas afirmou ter sido abordada pelo acusado em três vez diferentes.

Ele contou que o suspeito já possui mais dois B.O.s registrados contra ele, um de constrangimento ilegal e outro também de aliciamento/assédio. O delegado ainda explicou que, após ser ouvido, o suspeito foi liberado, pois não houve flagrante. No entanto, um inquérito policial deve ser instaurado para investigar o caso e, se necessário, tomar as medidas cabíveis.

 

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.