17/10/2017

Exposição em Holambra retrata influência africana no Brasil

Ao todo, 30 painéis registram cultura e influência da África

Da redação

Aberta pela Prefeitura no dia 7 deste mês, a exposição fotográfica “África em Nós” – promovida pela Secretaria de Estado da Cultura através da Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias – se estenderá em Holambra até o dia 29 de outubro. Realizada por meio de parceria com a Prefeitura, a mostra permanece no Centro de Cultura e Eventos, ao lado do Moinho.

Composta por 30 fotografias, a narrativa fotográfica retrata a influência africana no cotidiano brasileiro.

Com curadoria do renomado fotógrafo, jornalista e professor Walter Firmo, a exposição foi criada sob o olhar de profissionais e amadores da fotografia, através do resultado de um concurso que recebeu mais de sete mil fotos.

As imagens exemplificam as raízes africanas na cultura brasileira em contextos diferentes, como a variedade das cores nas manifestações religiosas e culturais, a pluralidade das etnias e o encontro da arte como registro da identidade cultural do povo brasileiro. A exposição abre aos sábados e domingos, das 9h às 17h, e às quartas-feiras à noite, às 19h, com apresentações de capoeira.

De acordo com a diretora municipal de Turismo e Cultura, Alessandra Caratti, o mês de aniversário de Holambra se tornou ao longo dos últimos anos um período de eventos que celebram a diversidade cultural e que proporcionam lazer e diversão a moradores de todas as idades e preferências.

O trabalho oferece 30 painéis de fotos que registram a influência africana no cotidiano do povo brasileiro em diversos temas, com o objetivo de valorizar a importância da herança africana para os brasileiros, mostrando toda a diversidade.

A exposição é resultado de um concurso feito pelo Governo Estadual e as melhores imagens selecionadas deram origem a um livro.

Curador

O tema principal das fotos de Walter Firmo é a figura humana. Revela particular interesse pelos costumes e festas populares brasileiras, realizando ampla documentação fotográfica, na qual se destaca aquela sobre o carnaval do Rio de Janeiro. Produz imagens marcantes como aquelas de integrantes de escolas de samba viajando em um trem de subúrbio, até o local dos desfiles, salientando o contraste entre a alegria da festa e o duro cotidiano da população menos favorecida. Já na série Festa do Maracatu-Rural, 1997, retrata a população em trajes típicos, em meio a paisagens de grande luminosidade.

Ao longo de sua produção destacam-se também os retratos de músicos brasileiros, como os de Clementina de Jesus (1902 – 1987), Cartola (1908 – 1980) e Pixinguinha (1897 – 1973). É o fotógrafo que se destaca pela exploração sensível da cor e da luz, mantendo diálogo com a pintura.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.