16/07/2017

Diretor de Holambra incentiva inclusão social por meio do esporte

José Roberto Maganha Junior reforça que o departamento quer retomar a realização da Corrida na Lama e fortalecer as ações e competições que já fazem parte do calendário da cidade

Da redação

José Roberto Maganha Junior assumiu a diretoria de Esportes de Holambra desde janeiro de 2013. Há quase cinco anos na função, Junior acredita que o universo do esporte pode e deve gerar inclusão social. Segundo o preparador físico, as crianças e adolescentes que se encontram, muitas vezes, em situação de risco social são as principais beneficiadas.

O diretor conta que há a intenção de anunciar em breve uma nova modalidade que atenderá até 350 pessoas de todas as faixas etárias. Além disso, Junior reforça que o departamento quer retomar a realização da Corrida na Lama e fortalecer as ações e competições que já fazem parte do calendário da cidade.

Leia a entrevista na íntegra: 

IMG_8140-1500059063

Como você avalia o desempenho deste departamento nos últimos anos? Trabalho no departamento desde 2004, quando comecei a faculdade de Educação Física e iniciei minha carreira como estagiário na Prefeitura. Amadureci profissionalmente aqui, atuando mais tarde como professor e, desde janeiro de 2013, como gestor da pasta. Digo com satisfação que conseguimos resultados muito positivos nesses últimos anos, ampliando o número de modalidades com aulas gratuitas disponíveis para a população de todas as idades e melhorando a estrutura de atendimento a essas pessoas. As escolinhas do departamento contam com profissionais excelentes e muito experientes que ajudam de maneira decisiva na formação pessoal e esportiva dos alunos.

O que você poderia citar sobre iniciativas que estão sendo introduzidas pelo departamento de Esportes? A primeira novidade que introduzimos quando assumi a pasta foi a Corrida do Rei, realizada anualmente no mês de abril. É um evento importante que reforça a vocação turística da cidade, movimenta a rede hoteleira e o comércio e incentiva a prática esportiva e de hábitos saudáveis. Criamos e solidificamos também o projeto Brincando No Bairro que leva, periodicamente, atividades recreativas e de iniciação esportiva gratuitas para mais perto dos moradores. Mesmo com a dificuldade financeira, mantivemos regularmente o calendário de campeonatos de futebol de campo, ampliando esse ano o número de edições da Copinha dentro de um mesmo ano e retomando, há três anos, competições de futebol de salão com a Copa Valdir da Silva de Futsal, que reuniu 20 equipes esse ano. Como disse antes, ampliamos o número de atendimentos e modalidades oferecidas. Cito como exemplo o projeto Lutando pela Paz, que permitiu a oferta de aulas gratuitas de jiu-jitsu, e a criação de um núcleo da escolinha de esportes no bairro Imigrantes, que atende hoje cerca de 40 crianças e adolescentes.

Quais os impactos da Educação no indivíduo e na sociedade em sua concepção? Como educador físico, acredito muito no esporte como uma ferramenta de inclusão social para os indivíduos. A prática esportiva muda a vida das pessoas. Em especial das crianças e adolescentes que se encontram muitas vezes em situação de risco social, apresentando problemas em casa e na escola. Quando ela encontra um rumo no esporte, na maioria das vezes os resultados são satisfatórios e surpreendentes no que diz respeito à sua mudança de conduta social. E o legal do esporte é que nunca é tarde para começar a praticar. Temos em Holambra vários exemplos de adultos e até mesmo de idosos que nunca tinham praticado nenhum tipo de atividade física e sofriam com problemas de obesidade, hipertensão, diabetes, depressão… Problemas que após o início e continuidade assídua da prática esportiva tiveram foram reduzidos ou eliminados.

IMG_8153-1500059070

Como os holambrenses têm correspondido às iniciativas do Esporte? Holambra é uma cidade que gosta de esportes. É muito gratificante para nós ver o envolvimento da sociedade quando realizamos um evento esportivo em qualquer modalidade. Quando oferecemos uma competição, o preenchimento de vagas das equipes é quase que imediato. E os holambrenses que não participam diretamente da competição acompanha, vem ao ginásio, ao estádio, torce, se diverte. As pessoas prestigiam.

Quanto foi investido no setor nestes últimos anos? A Prefeitura investiu muito nesses anos, mesmo diante das muitas dificuldades que encontramos pelo caminho. O prefeito Dr. Fernando é um grande incentivador do esporte e do nosso trabalho. Ele e o Fernando Capato não medem esforços para permitir novas ações, buscar novos recursos junto ao Estado e ao Governo Federal. Isso é fundamental. Alguns exemplos disso são as reformas do Ginásio Municipal e do Estádio, com troca de gramado e instalação de sistema de irrigação automatizada. A construção de uma nova praça com equipamentos esportivos no bairro Imigrantes. A cobertura da quadra da escola Parque dos Ipês e a construção de dois novos ginásio que está em andamento no Centro e no bairro Palmeiras. A instalação de academias ao ar livre em diversos pontos da cidade, a revitalização da praça esportiva no Camanducaia. A construção da pista de skate em andamento no parque Cidade da Criança. Ganhamos muito em infraestrutura nesses últimos anos, ampliando o atendimento, as modalidades e sem perder a qualidade dos serviços.

Qual o maior desafio a ser enfrentado dentro do departamento de Esportes? Hoje o maior desafio é administrar os impactos da crise que dificulta, para todos os setores, a liberação de recursos estaduais e federais para novos convênios, investimentos, obras e melhorias, incluindo aqueles que ajudam a subsidiar novas escolinhas esportivas. Temos, por sorte, uma equipe muito competente, dedicada e comprometida que ajuda a buscar alternativas criativas para fazer mais com menos. Acho que estamos conseguindo superar as adversidades e oferecer serviços de qualidade pra população.


“Acredito muito no esporte como uma ferramenta de inclusão social para os indivíduos”


Holambra terá, em breve, um ginásio poliesportivo. Há previsão de entrega do projeto? Como ele deve ser aproveitado pelo departamento? Esse novo ginásio nos permitirá trabalhar de maneira mais organizada, ampliando o espaço físico e a agenda de horários para as escolinhas esportivas, as competições, os treinos programados. É um ganho importante pra nossa estrutura de trabalho e para os holambrenses que praticam esportes e dependem desses locais para treinar.

Holambra também tem mostrado potencial em modalidades de luta como o jiu-jitsu. Recentemente, recebeu centenas de atletas da área e ostentou diversas medalhas em competições. O departamento tem projetos para fortalecer a modalidade? Tenho muito orgulho de ter trazido para a cidade, ao lado do prefeito Dr. Fernando, a primeira escolinha de jiu-jitsu gratuita da cidade, por meio do projeto Lutando pela Paz. Essa iniciativa, liderada pelo professor e mestre Cristiano Ceccon, muito experiente, atende cerca de 60 alunos semanalmente no Ginásio Municipal. Queremos, a partir de agora, ampliar este projeto para estendê-lo a ainda mais pessoas que se interessem pela modalidade.

Americana sedia nesta semana o campeonato regional que conta com a presença de 46 municípios em mais de 26 modalidades. Por que Holambra não está participando? Já fui questionado diversas vezes sobre esse tema. Fizemos uma opção pela participação nos Jogos Desportivos do Circuito das Águas Paulista, que promove competições em diversas modalidades entre as nove cidades que integram o consórcio. Essa competição acontece durante todo o ano, com etapas em todos os municípios, contemplando, entre outras coisas, futsal, voleibol, futebol, basquetebol e tênis de mesa. Esse campeonato, no nosso entendimento, é mais adequado para o desenvolvimento dos nossos atletas. São cidades com realidades compatíveis e níveis de evolução parecidos. Isso torna a disputa mais justa, contribui para o aprendizado dos participantes e os mantém motivados.

Quais projetos Holambra pode esperar do departamento de Esportes? Estamos trabalhando para cada vez mais ampliar e desenvolver novos projetos esportivos, seguindo o Plano de Governo da pasta e com objetivo de ir além do que foi proposto no plano. Temos a intenção de anunciar em breve uma nova modalidade que atenderá até 350 pessoas de todas as faixas etárias. Queremos também retomar a realização da Corrida na Lama e fortalecer as ações e competições que já fazem parte do nosso calendário. Vamos trabalhar muito, com muitas coisas boas por vir.

IMG_8144-1500059067

………………………………………………………….

Tem uma sugestão de entrevista? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.