12/09/2017

Conheça as novas flores e plantas ornamentais lançadas na Expoflora

De ervas gourmet a flor em formato de coração

Da redação

Com crescimento previsto de 9% em relação a 2016 e com faturamento estimado em R$ 7,2 bilhões, o setor das flores está em constante desenvolvimento no país. Novas variedades de cores, formatos e texturas das flores e plantas ornamentais encantam cada vez mais os consumidores, e é na Expoflora, maior feira do gênero em toda América Latina, que a maioria dos lançamentos são vistos pela primeira vez.

Cacto no formato de coração, mandacaru sem espinho, mini-orquídea com até 60 flores, mini-antúrios com flores que podem chegar ao tamanho de uma unha, flores no formato de estrelas, kalanchoes laranja com leve cheiro de mamão papaya ou na cor rosa com flores maiores que as convencionais, ervas em potes para o público gourmet. Essas são apenas algumas das novidades em flores e plantas ornamentais que os produtores de Holambra apresentam na 36ª Expoflora.

Considerada a fashion week das flores, a Expoflora acontece de 25 de agosto a 24 de setembro, de sexta-feira das 9h às 19h. São 300 mil visitantes durante os dias de evento, que conta com patrocínio de Coca-Cola, Crystal, Amstel, Ultragaz, Porto Seguro Auto e apoio da Prefeitura Municipal da Estância Turística de Holambra e do Banco do Brasil.

Os lançamentos e as novidades têm contribuído para manter o mercado de flores aquecido e crescente, mesmo nesse período de crise, na contramão de outros setores da economia. Segundo o Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor), o crescimento previsto para este ano é de 9% em relação ao ano passado e o faturamento é estimado em R$ 7,2 bilhões.


Lançamentos e novidades em Flores                 

Platycodon  “Star” – flor em formato de estrela (Veiling)
Produtor: Jean Ferreira – Flora Beijo – Holambra

Ela é originária do Japão, embora seja conhecida como flor balão (pelo formato da flor em botão) ou campainha da China. Ganhou, no Brasil, o nome de “Star”, já que suas flores, quando abertas, têm o formato de estrela. Elas chegam ao mercado nas cores azul, rosa e branca. As flores medem entre três e cinco e podem durar até duas semanas em ambiente interno e de três a quatro semanas em áreas externas. Ao eliminar as flores murchas, novas flores aparecem.

Lantana Bandana – (Veiling)
Produtor: Jean Ferreira – Flora Beijo – Holambra

Originária da Itália, as Bandanas já eram conhecidas na cor amarela, no Brasil, e usadas, geralmente, nas cercas vivas. A variedade Lantana, que está sendo lançada, é mais compacta e traz cores diferentes na mesma flor, como o amarelo, rosa, vermelho, branco e laranja. Pode ser encontrada agora, também, apenas com flores brancas. Por ser mais compacta, seu uso é recomendado para forração de jardins, principalmente por sua grande durabilidade, que pode chegar a cinco anos e que foi criada com tecnologia para resistir ao Sol.

Cactos sem espinhos – Mandacaru e Palma (Veiling)
Produtor: Naturayo

Os espinhos são as folhas dos cactos que, há milênios, pela evolução da planta, ficaram pontiagudas para evitar a perda da umidade e para servir de proteção. Essas variedades sem espinho que estão chegando ao mercado nasceram naturalmente, mas graças a um conjunto de fatores só encontrados no semiárido do Nordeste brasileiro, mais precisamente na região do Ceará: solo (arenoso), temperatura (média de 30 graus e 3.000 horas de sol no ano) e ambiente (árido, com pouca água). Os cactos são muito ornamentais e, agora, sem os espinhos, a planta torna-se acessível a todos os tipos de público, desde os profissionais de decoração e floristas até as crianças.

Cacto-Coração (Planta-Coração e Flor-de-Cera)
Produtor: Filipini Fontana Plantas Ornamentais – Holambra

O Hoya Kerrii é conhecido popularmente como flor-de-cera ou cacto-coração pelo seu formato. Pertence à família Apocynaceae e está na categoria de cactos e suculentas, trepadeiras e folhagens. A planta é de origem asiática, perene e pode atingir alturas entre 2,4 e 3 metros, ideal para varandas e interiores com boa iluminação. Seus ramos têm raízes aéreas que absorvem nutrientes de matéria orgânica no ambiente. O florescimento acontece durante o verão e conta com diversas flores cerosas pequenas e com um perfume bastante suave.

Miniphalaenopsis – com até 60 flores (Veiling)
Produtor:  Sítio Kiflor Holambra

Essa variedade de miniphalaenopsis tem entre 40 e 50 cm de altura, mas traz como diferencial a quantidade de flores. Uma planta com quatro hastes pode trazer 60 flores, graças ao uso da tecnologia empregada no processo de produção e no tamanho do pote desenvolvido para dar mais volume e reter maior quantidade de água. Antes de serem importadas da Holanda, as mudas são cultivadas em casca de pinus para aumentar a durabilidade.

Mini-antúrio Million Flower – do tamanho de uma unha (Veiling)
Produtor: Terra Viva

Planta compacta, com muitas e pequenas flores (daí o nome Million Flower – “milhões de flores” em português). Com folhas também minúsculas, eles têm as proporções perfeitas para decoração de pequenos ambientes ou em arranjos florais mais delicados. Essa variedade de antúrio tem alta durabilidade e faz parte da “Coleção Baby Terra Viva”. A planta necessita de temperaturas acima de 15ºC e meia-luz (não pode ficar diretamente ao Sol) e deve ser regada de duas a três vezes por semana.

Antúrio Michigan (Veiling)
Produtor: Terra Viva

O antúrio Michigan destaca-se por suas flores extragrandes e pela aparência brilhante. A flor vermelha tem o formato de um coração e pode chegar a até 19 cm de tamanho. A planta pode atingir 90 cm de altura. Como toda planta tropical, o Michigan precisa de temperaturas acima de 15° C e meia-luz (não pode ficar diretamente ao Sol), base do vaso sempre úmida e aerada, com rega de duas a três vezes por semana, sendo que uma delas pode ser feita por cima da planta. O antúrio tem produção o ano todo.

Tuia Baby (Veiling)
Produtor: Terra Viva

As tuias são muito utilizadas como “árvores de natal naturais”. Na versão Baby, são apresentadas em um tamanho bem mais compacto. Elas têm cheiro de limão e são ideais para decorar mesas. As plantas de pequeno porte são sucesso na Europa e vêm conquistando cada vez mais o mercado nacional pela delicadeza, charme e graciosidade, além da facilidade de se adequar a qualquer ambiente. Originária da Inglaterra, a Tuia Holandesa é uma planta da família das Cupressáceas Macrocarpa e simboliza a confraternização e a saúde. Por isso são muito utilizadas na época das festas natalinas como árvore de Natal. Fácil de cuidar, a Tuia gosta de meia-sombra, locais de clima ameno e bem iluminados. A produção acontece o ano todo.

Rosas Charm Avalanche – Lêonidas, Red Alert, Vania e Candy (Cooperflora)
Produtor: Grupo Reijers
Fazendas Dallas, Vega, Vale Verde, Vale das Flores (Andradas/MG)

A Rosa Charm Avalanche, lançada no ano passado e caracterizada por contar, em uma única haste, com um botão padrão e de dois a quatro brotos auxiliares, chega em novas cores: chocolate (Leônidas), vermelha (Red Alert), cor de rosa (Candy Avalanche) e bicolor com dois tons de cor de rosa (Vânia). Por ter mais de uma flor por haste, essa variedade garante um volume maior, ideal para buquês e arranjos florais. A apresentação em vaso com água também fica muito bonita.

Rosa Piano – Romantic Antique (Cooperflora)
Produtor: Grupo Reijers

Em tom rosa envelhecido, essa variedade tem muitas pétalas e um formato diferenciado de botão. Elas podem, tranquilamente, concorrer com as peônias, que são flores importadas e, portanto, geralmente mais caras no mercado.

Kalanchoe Chloe  – com leve cheiro de mamão papaya (Veiling)
Produtor: Grupo Swart

O Chloe, variedade de kalanchoe dobrado, mal chegou ao mercado nacional e já conquistou a decoração das mesas de café da manhã por apresentar duas importantes características: sua alegre cor laranja desperta o apetite e o seu leve perfume lembra o cheiro de mamão papaya. Essa variedade veio da Dinamarca e é resistente ao hormônio do envelhecimento (etileno), o que faz com que as flores permaneçam vistosas, tranquilamente, por mais de cinco semanas no vaso, se cuidadas com pouca água e média luminosidade. Pode ser encontrado nos potes 6, 11 e 15.

Kalanchoe Maxine – com flores maiores (Veiling)
Produtor: Grupo Swart

Na cor rosa claro, tem como diferencial o tamanho das pétalas de suas delicadas flores, bem maiores do que as convencionais. Chega a medir cerca de 15 mm, contra 9 mm da pétala de um kalanchoe convencional. A variedade também foi desenvolvida na Dinamarca pela empresa de melhoramento genético Knud Jeppesen com resistência ao etileno e, portanto, a durabilidade das flores é de cerca de cinco semanas. Também está sendo produzido em pote 15.

Violeta-persa – Exacum affine
Produtora: Conny Maria de Wit / Propagação das mudas: SBW do Brasil

A Exacum affine, conhecida como violeta-persa ou violeta-da-pérsia, é uma charmosa planta com folhas cerosas e verde-escuras. As flores são azuis, perfumadas, com cinco pétalas e o centro amarelo. Cultivada normalmente em vasos e em jardineiras, a violeta-persa é indicada para interiores de residências e até mesmo para jardins, com a vantagem de ter floração o ano todo.

Petúnia bicolor (Amore) – pétalas com novas cores na forma de coração
Produtora: Conny Maria de Wit /Propagação das mudas: SBW do Brasil

Originárias da América do Sul, depois de cruzamentos e melhoramento, chegam ao mercado com novas quatro variedades bicolores da coleção Amore (com desenho na forma de coração nas pétalas): amarela e vermelha, marrom escuro e laranja, rosa e branco e roxa e branca – Cabernet. Elas adaptam-se aos ambientes compactos e, também, aos jardins suspensos, pois apresentam alta performance e são bastante resistentes ao calor e a doenças.

Crisântemo Indianápolis (Veiling)
Produtora: Maritha Domhof

No ano passado, essa variedade de crisântemos foi apresentada nas cores rosa e branca. Agora chega ao mercado na cor amarelo forte. A flor tem cerca de 15 cm de diâmetro e pode durar cinco semanas se deixada em local arejado, luz indireta e receber pouca água. Pode ser usada em buquês ou na decoração de casas e de escritórios. Essa variedade não apresenta toxidade nem nas folhas e nem nas flores.

Amaryllis – Tulipa Brasileira
Produtor: SV Flowers

A novidade deste Amaryllis, também conhecido como açucena ou tulipa brasileira, é que a planta não precisa de rega, pois já recebeu um tratamento de umidade no bulbo que foi envolto em material especial. Além disso, a embalagem a torna muito decorativa. Está disponível na sua tradicional cor vermelha. Quando as pétalas caem, é necessário cortar a haste um centímetro acima do bulbo e regá-la a cada cinco dias para que floresça novamente.

Ervas Gourmet
Produtor: All Garden

A proposta é proporcionar que as pessoas cultivem ervas em casa de uma forma rápida, prática, simples, natural e segura dentro de potes. O kit é formado por um pote lacrado, uma pastilha de turfa (substrato vegetal) e um pacote de sementes de temperos (manjericão, cebolinha, alecrim, hortelã), de planta ornamental (cacto) e de erva do gato (para pets). Basta colocar a turfa no pote, adicionar 300 ml de água limpa e esperar por uma hora para a preparação do substrato. Depois, basta despejar as sementes de forma circular, tampar, deixar em um ambiente claro e esperar que as plantas germinem. Quando as plantas atingirem a tampa, o pote deve ser aberto e, em alguns dias, as plantas estarão prontas para o consumo.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.