18/03/2018

Casal da Suíça passa por Holambra durante viagem pelo mundo

Robert e Marta Gisler estão na América do Sul desde 2016

Rui do Amaral 

Discretamente, ao lado do Moinho Povos Unidos,  um motor home ficou estacionado por boa parte da manhã da última quinta-feira (15). O veículo nada mais é do que aquilo que o próprio nome sugere: uma casa sobre rodas. Cobiçado pelos viajantes, o modelo agrega tudo o que duas pessoas precisam para rodar milhares de quilômetros sem precisar de um hotel: cama, banheiro e cozinha.

Aos mais aventureiros, pode até ser uma boa pedida para, quem sabe, dar uma volta ao mundo. É o que fazem os donos do motor home em questão, Robert e Ursula Gisler (61 e 62 anos, respectivamente). Descansando em um banco, os dois contaram um pouco de como tem sido a experiência até então.

Foi em agosto de 2016 que o casal europeu deixou o frio da terra natal Zurique, na Suíça, em busca de algo mais tropical. Quer dizer, o começo não foi tão tropical assim, já que o primeiro destino foi Montevidéu, no Uruguai. “Nosso carro veio em um navio de carga até a capital uruguaia, e nós viemos junto. Cinco semanas de viagem no navio. Era enorme, devia ter uns 3 mil contêineres”, explica Robert. O objetivo era descer até a Patagônia, região do extremo sul do continente que abrange parte da Argentina e Chile.

Além dos países citados, o casal já conheceu uma parte da Bolívia e agora desbrava as terras brasileiras. Dos países sul-americanos, somente a Venezuela não terá o prazer de conhecer o simpático casal, já que a instabilidade política e a falta de segurança pública do regime de Maduro inviabiliza uma visita. No Brasil, os dois já percorreram boa parte dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro e, agora, São Paulo.

Diferente da maioria das cidades em que Robert e Ursula visitaram, Holambra não estava previamente no roteiro dos viajantes. Veio assim, de surpresa. “Um casal de holandeses nos indicou que passássemos aqui, já que iríamos visitar Campinas (SP). Disseram que era um bom lugar para conhecer, com belas paisagens e boa comida”, afirma Robert, com a expressão de quem não está desapontado.

Bonito (MS) e Foz do Iguaçu (PR) são os próximos destinos dos suíços aqui no Brasil, antes de adentrar em terras paraguaias. As regiões Norte e Nordeste também podem se preparar, já que o casal pretende conhecê-las logo depois. “O plano é ficar na América do Sul por mais dois anos e, então, rumaremos à América do Norte”, conta Ursula. No meio tempo, duas semanas serão dedicadas a uma visita à família, na Suíça, antes de continuar a viagem.

Dentro do motor home, Robert e Ursula mostram um pouco de sua casa enquanto percorrem tantos destinos. Nada extravagante. “Aqui temos tudo o que precisamos. Procuramos fazer nossa própria comida, com ingredientes da Suíça, mas amamos a comida do Brasil. As pessoas e a comida são o que mais estamos gostando daqui”, confessa Ursula.

Perguntado sobre o motivo que os levou a rodar o mundo, Robert é bem didático. “Porque é tão legal!”, resume, em tom de felicidade difícil de disfarçar. O casal já conheceu a Ásia e, claro, a Europa. Ainda há boa parte do mundo para os Gisler conhecerem, o que não deve demorar. Até porque, segundo Robert, eles não devem parar tão cedo. “Enquanto tivermos saúde e vitalidade, vamos continuar. É o que nos mantém felizes”.

Os registros do casal podem ser observados em um blog, em alemão (uma das línguas faladas na Suíça).

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.