05/02/2018

Câmara de Holambra discutirá esgoto no Camanducaia e verba pública para artistas

Primeira sessão do ano ocorre nesta segunda-feira (5) em nova sede do Legislativo

Da redação 

A Câmara de Holambra retorna nesta segunda-feira (5), às 19 horas, as atividades para mais um ano do Legislativo. Entre as novidades, destaca-se o novo prédio que promete abrigar diversos projetos, indicações e discussões. Quem deseja acompanhar as sessões ordinárias e extraordinárias a partir de 2018 deverá ir até a rua Campo de Pouso, 639, onde se encontra o novo plenário.

Entre as pautas que devem ser discutidas na sessão de inauguração, pode-se dizer que muitas trarão assuntos interessantes. O vereador Jesus da Farmácia apresentará uma indicação ao Executivo para que seja instalado, ainda neste ano, o sistema de esgoto no bairro Camanducaia. “Levando em consideração que a situação é preocupante, solicitamos do Executivo os esforços para regularizar de vez essa situação que, com certeza, implantará todas as medidas para solucionar este problema”, explica o legislador em um trecho da indicação.

Também chama a atenção um Projeto de Lei proposto pelo prefeito Fernando Fiori (PTB). No documento, o chefe do Executivo institui o projeto “Artistas de Holambra”, que tem como objetivo a valorização das manifestações artísticas e culturais do município.

O projeto autoriza o Executivo a conceder incentivo financeiro às manifestações musicais, artísticas, literárias, populares e expressões culturais de rua, de artistas locais que apresentarem em eventos do Poder Executivo Municipal.  Cerca de 30 outros projetos, entre indicações e projetos de lei, devem ser discutidos na plenária.

A 1ª Sessão Ordinária do Legislativo holambrense acontece às 19 horas, na rua Campo de Pouso, 639.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Holambrense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.